Aumento de câncer entre os menores de 50 anos em todo o mundo, entenda o motivo

Aumento de câncer entre os menores de 50 anos em todo o mundo, entenda o motivo

Estamos no fim de 2022 e o câncer tem sido cada vez mais frequente, acometendo milhares de pessoas ao redor do mundo. Um artigo científico recente publicado na revista científica Nature Review Clinical Oncology, fruto de um estudo realizado pelo hospital Brigham and Women’s e Universidade Harvard, confirmou que essa doença multifatorial tem aumentado entre adultos com menos de 50 anos.

Ainda, conforme a publicação, pessoas nascidas após 1990 possuem mais chances de terem câncer antes de atingirem os 50 anos. Por tanto, a nova geração está mais propensa que as gerações passadas. As razões para esse fenômeno ainda não foram totalmente esclarecidas, mas as evidências sugerem que podem estar relacionados às mudanças de hábitos e exposições a fatores de risco que se estendem desde o início da vida (concepção e infância) até o início vida adulta.

Dentre os fatores que podem ter contribuído para as mudanças de exposição dessa nova geração, o estudo cita o aumento do consumo de alimentos ultra processados, com mudanças no estilo de vida, no meio ambiente, morbidades e outros fatores.

O câncer de início precoce (que aparece antes dos 50 anos) podem ter marcadores genéticos diferentes em comparação com o câncer diagnosticado mais tarde (após os 50 anos). Através dos rápidos avanços nas ciências biomédicas, principalmente das análises ômicas, os perfis moleculares dos diferentes tipos cânceres podem ser avaliados. Sendo possível fornecer, em um futuro próximo, informações sobre suas diferentes etiologias para orientar estratégias de tratamento mais eficazes e personalizadas.

Tendo como função contribuir com as rotinas dos laboratórios de rastreamento, diagnóstico e pesquisa, a Molecular incluiu em seu portfólio diversos tipos de painéis de Sequenciamento de Nova Geração (NGS) para o diagnóstico oncológico dos tipos de cânceres mais comuns, além do Sequenciamento de Exoma Completo (WES), que permite a detecção de novos marcadores.

Dentre os painéis prontos, nosso fornecedor e parceiro chamado Celemics, possui diversas opções como painel BRCA1 e 2, painel OncoRisk para detecção do risco de câncer hereditário (germinativo), painéis oncológicos somáticos para genes específicos (30/50/100/400 genes) ou mais abrangentes com cobertura de mais de 500 genes incluindo regiões CDS (RefSeq), painéis para biópsia líquida de câncer de pulmão, colo retal e mama.  

A Celemics está há mais de 10 anos no mercado e é especialista quando o assunto é painéis NGS.

Gostaria de saber mais? Entre em contato conosco!

Fonte: Nature

Assessoria Científica:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Dra.Vanessa Bonatti

Dra.Vanessa Bonatti

Assessoria Científica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *